ATUALIZANDO A DISCOTECA: Scorpion Child, "Acid Roulette" (2016)

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.


tumblr_inline_o9no9koo7z1qc57z0_1280
Scorpion Child: “Acid Roulette” (2016, Nuclear Blast, Voice Music)

A banda texana Scorpion Child já impressionou em seu primeiro álbum e chega a seu novo trabalho aprimorando ainda mais sua acachapante proposta. Ao contrário do que muitas bandas que promovem um revival do Classic/Hard Rock fazem, eles não investem numa pegada stoner mais sombria, baseado no Black Sabbath, mas sim alicerçada no peso psicodélico do Deep Purple, com baixo gorduroso e muita energia. “She Sings, I Kill” abre o trabalho de modo tão visceral  que dificulta a transcrição de seu impacto em palavras. As guitarras são rústicas, tempestuosas, enquanto a bateria pulsa como uma chuva de socos impiedosos, reforçada pelo groove sujo do baixo, enquanto as linhas de teclados conjuram o espírito musical de Jon Lord. Ao longo do álbum o passado é sim ecoado, mas o Scorpion Child imprime muito mais potência que seus contemporâneos, fato muito bem delineado na faixa “Reaper’s Danse”. O alto nível das composições e da execução técnica impressiona, num repertório que mescla bem a pegada vintage com a poeira musical texana, de veia estradeira.

 Scorpion Child, “Reaper’s Danse”.

Dentre as faixas, a qualidade se mantem altíssima em abordagens multifacetadas. “Acid Roulette” acalma os ânimos com muita lisergia em meio a uma serenidade concisa, numa fusão de The Doors e Deep Purple, enquanto a vinheta “Séance” divide os dois “lados” do álbum, numa quase oração roqueira. Neste “segundo lado”, as faixas são menos viscerais e mais melódicas, sendo “Twilight Coven” mais groovada; “Survives” mais emocional e de leves cacoetes alternativos; e  “Moon Tension” é sincopada e envolvente, quiçá, a melhor faixa de um álbum que traz uma produção brilhante e um conceito interessantíssimo, encarnando, ao lado de bandas como Rival Sons e Witchcraft, o mais puro espírito roqueiro dos gigantes do estilo que já caminharam sobre a Terra.

NOTA: 9,0

scorpionchild2016band_638

Comentários

Deixe uma resposta