HAVEN: Uma Série Inspirada em livro de Stephen King

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Originalmente, a história de Stephen King que inspira a série Haven foi concebida como parte de uma safra de publicações sobre crimes misteriosos e ganhou vida em 2005.

O cerne do enredo de “The Colorado Kid”, o livro em questão (e para o qual escrevemos este texto detalhado) está na investigação subjetiva acerca de um corpo pertencente a um homem não identificado, na costa de alguma ilhota próxima ao estado americano do Maine.

Classifico esta investigação como subjetiva pelo caráter avaliativo que ela possui. Ao fim do livro, fica claro que os responsáveis pelo jornal local, utilizaram a história para avaliar a astúcia da personagem que parece ser uma recém contratada.

Os personagens de Vince e Dave, os editores do periódico local, já tinham rostos pré-estabelecidos em minha mente quando da leitura do livro por uma simples razão: a série televisiva Haven.

A principal ligação entre livro e série estaria na edição publicada pelo Haven Herald que traria uma reportagem sobre o misterioso cadáver original da obra de Stephen King. Nunca a expressão  “baseado em..” foi tão sincera.

O senhor King, como já vimos neste texto, lançou mão dos mais diversos elementos da cultura pop para adornar sua narrativa e não deixou de lado algo tão americano como as séries televisivas. Mais de uma vez, a série americana Murder, She Wrote é citada como exemplo de investigações criminais carregadas de licenças poéticas.

Falando da série, o mistério em torno do assassinato retratado no pequeno livro de Stephen King foi inspiração para um dos mais interessantes enlatados americanos dos últimos anos. Haven, a série, nasceu com o pano de fundo criado por Stephen King em seu livro, mas profusamente carregada de mistério sobrenatural.

Parece que os produtores resolveram deixar a narrativa de The Colorado Kid mais próxima das obras do Rei do Maine e adicionaram elementos que basicamente mudaram toda a história, com novos personagens, conspirações sobrenaturais e muita discussão acerca das relações interpessoais das personagens.

 Trailer da primeira temporada de Haven.

O enredo da série produzida pelo canal Scify agrega uma agente do F.B.I, Audrey Parker, que tem seu passado perdido, mas é enviada para uma pequena cidade litorânea do estado americano do Maine onde ocorrem estranhos eventos conhecidos dos habitantes de Haven como “os problemas” (em tradução livre), que são camuflados pelas “autoridades” locais.

Estes problemas são aflições hereditárias que ocorrem de tempos em tempos e dependem de um agente neutralizador. Toda a ligação com a história de Stephen King é feita através do anúncio de jornal que traz, na reportagem “Who killed The Colorado Kid?”.

Nesta reportagem, uma foto serve de evidencia sobre a presença da “mãe” de Audrey Parker – que ela nunca conhecera – na cidade. Este é apenas um breve resumo/comentário, desprovido de detalhes que justificariam certas aspas do meu texto que é incapaz de mensurar a qualidade da série, que já está em seu clímax e algumas respostas são aguardadas ansiosamente para a próxima temporada.

As similaridades entre livro e série são realmente poucas, é como se a nova roupagem houvesse expandido o conjunto universo do livro para além do jornal local e sua ocorrências sobrenaturais datassem posteriormente ao evento avaliativo narrado no livro.

O nome de alguns personagens e locais foi mantido, como os editores do jornal, o praiano e desconhecido cadáver e o Grey Gull, restaurante local. Esta adaptação é o típico caso onde a expressão “baseado na obra de…” tem porcentagem total de sinceridade.

Comentários

Deixe uma resposta