VOCÊ DEVIA OUVIR ISTO: Agnata Fides, “Agnata Fides” (EP, 2014)

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({ google_ad_client: "ca-pub-9767849814663729", enable_page_level_ads: true }); Confira a proposta desta seção   aqui .. . Dia Indicado para ouvir:  Sexta-Feira Hora do dia indicada para ouvir:  Meia Noite. Definição em um poucas palavras:  (Som de Macho)², Adulto, Conceitual, Guitarra, Pesado, Sombrio. Estilo do Artista:  Black Metal/Ambient.   Comentário Geral:   “Olhemo-nos no rosto. Somos Hiperbóreos” . Com esta frase Nietzsche abre seu ensaio de crítica ao cristianismo, intitulado O Anticristo , como forma de assegurar a posse de um conhecimento além da capacidade humana. A banda Agnata Fides em seu EP de estreia, autointitulado, tem a mesma representatividade musical expressa nesta frase, pois demonstra saber quais os caminhos secretos do Black Metal. O cover  de Ea Lord of Depths  que nos é presenteado na última faixa, não deixa dúvidas das influências do aclamado Burzum, mas eles conseguem extrapolar os parâmetros da musicalidade sombria, com elementos do classicismo obscuro permeando a brutalidade. Formada em abril de 2014, a horda oriunda de Patos de Minas-MG nasceu das cinzas do Abyssum, fundada em 2007 por NaWotan e Siccarius, que tiveram na demo Black Sky of the Ligh t parte de seu legado musical. O Abyssum, em 2011, ainda seria completado por Vascatur e DDoS. Em 2013, por divergências ideológicas com NaWotan, Siccarius deixa a banda e os três remanescentes fundam o Agnata Fides no quarto mês de 2014, iniciando Nija como segundo guitarrista da horda. A mensagem expressa nestas canções de apresentação do Agnata Fides é totalmente anticristã, sem nenhuma evocação política. Todos os versos são baseados em duas obras do autor Luis Felipe Moyano, que adverte seus leitores do contato com tais volumes, alegando que a partir daquele momento Jehová-Satanás estará pronto para te destruir. Acompanhando a força musical, tal aviso caberá também aos ouvintes, pois será impossível passar incólume às melodias densas e sombrias do Agnata Fides, que originam uma aura negra que serve de ligação entre a brutalidade musical e a progressão harmônica soturna das canções. Assim como Moyano nos acalenta em seu aviso ao dizer “não temas, não estarás abandonado” , o bom gosto musical o acompanhará amalgamado por toda a brutalidade aqui exposta na música do Agnata Fides. Um típico exemplo desta afirmação se encontra já na abertura com Call ov Valkiries , adornada de elementos climáticos sorumbáticos, contextualizados de modo a imprimir uma sensação de solidão às notas de teclado que estão em foco. Uma perfeita preparação para um trabalho que se desenhará com traços que remetem a clássicos do estilo, como o fenomenal Blood Fire Death , do Bathory, já em sua segunda canção Flying Beyond The Sky . A grande estrela deste EP de estréia do Agnata Fides está em Aurora Lufeciariano , um precioso exemplo de como o Black Metal moderno sabe se combinar com o espírito clássico do estilo, em vocais que se assemelham aos lamentos de uma alma atormentada em algum círculo infernal descrito por Dante. Já Rex Abyssus nos apresentam variações na composição, evidenciando o enorme potencial de compositores desta horda, assim como em The Hand ov Sata n, que mescla rapidez e passagens cadenciadas na medida certa do mais puro Black Metal. Registrado no Aethyr Home Studio, a produção desta peça, que extrapola o simples conceito musical, ficou a cargo de Diogo Gonçalves e da banda. Estaria sua alma preparada para esta experiência musical quase gnóstica em sua máxima expressão? Ano:  2014 Top 3 :   Aurora Lufeciariano, Rex Abyssus  e  The Hand ov Satan . Formação:  NaWotam (Baixo e vocal), DDøS (Guitarra e teclados), Nija (Guitarras) e Vascatur (bateria). Disco Pai:  Burzum:  From the Depths of Darkness  (2011) Disco Irmão : PATRIA:  Individualism  (2014) Disco Filho: Ainda não nasceu. Curiosidades:  Todas as letras do álbum foram inspiradas pelas obras "O Mistério de Belicena Villca"  e "Fundamentos da Sabedoria Hiperbórea" ambos de autoria do autor argentino citado anteriormente, que nos círculos do ocultismo era conhecido como Nimrod de Rosário. Pra quem gosta de : sombras, conhecimentos ocultos, igrejas em chamas e artes extremas.…